Filie-se

Veja como sua igreja pode fazer parte

A Convenção Batista Baiana reúne Igrejas Batistas da Bahia a ela filiadas. Confira as orientações para filiação.

Para ser filiada à CBBA, a igreja deverá:

  • Declarar formal e expressamente em seu Estatuto que aceita e se empenha em ser fiel às Sagradas Escrituras como única regra de fé e prática;
  • Declarar fidelidade à Filosofia, Princípios e Declaração Doutrinária da Convenção Batista Brasileira;
  • Declarar que a igreja se compromete a investir no Plano Cooperativo, 10% de suas receitas com dízimos, conforme Regimento Interno da CBBA;
  • Solicitar seu ingresso à Secretaria Geral da CBBA, preenchendo os formulários fornecidos e anexando toda a documentação solicitada. A Secretaria Geral irá encaminhar o pedido ao Conselho Geral e, sendo aceito, à Assembleia Geral, onde o processo será concluído;
  • Ser aceita pela Convenção durante uma Assembleia Anual Ordinária. A igreja deverá encaminhar um de seus representantes à Assembleia que deliberará seu ingresso.

 

Confira o texto do Regimento Interno da CBBA sobre Filiação de Igrejas:

Seção I- Do processo de filiação de igrejas

Art. 8º A igreja que desejar filiar-se a Convenção deverá solicitar seu ingresso mediante o preenchimento de formulário fornecido pela Secretaria Geral, que o encaminhará ao Conselho Geral para apreciação e, sendo aceito, à Assembleia Geral, onde o processo será concluído.
Parágrafo único - A solicitação deverá ser feita pela igreja interessada diretamente a Convenção, com recomendação da Associação a qual a Igreja passará a integrar, e que acompanhará o processo orientando-a quanto à documentação requerida.
 
Art. 9º O Formulário de Solicitação de Ingresso deve conter as seguintes informações:
I - Nome, endereço, data de organização e igreja organizadora da igreja requerente;
II - Declaração formal de que a igreja aceita a Bíblia Sagrada como única regra de fé e prática e como fiel a Filosofia, Princípios e Declaração Doutrinária da Convenção Batista Brasileira;
III - Declaração de que a igreja compromete-se a investir no Plano Cooperativo, 10% de suas receitas com dízimos.

§ 1º Deverá ser anexada ao formulário a Ata da Assembleia Administrativa em que a igreja decidiu solicitar seu ingresso na Convenção e cooperar com o seu programa e Plano Cooperativo, com firma reconhecida.
§ 2º A Igreja solicitante deverá apresentar documentação dos atos constitutivos, devidamente registrados nos órgãos competentes.
§ 3º A Igreja deverá encaminhar um de seus representantes à Assembleia que deliberará sobre o seu ingresso.

 

Para solicitar a filiação, entre em contato:

Telefone/WhatsApp: (71) 98643-8413

Formulários

Formulário de Ingresso de Igreja na Convenção Batista Baiana

Formulário de Cadastro de Congregação na Convenção Batista Baiana


Filiação de Pastores

Para filiação de pastores à Ordem dos Pastores Batistas do Brasil – Seção Bahia, entre em contato com a OPBB-BA.

História

A história dos batistas na Bahia começa em 15 de outubro de 1882, quando foi fundada a primeira igreja batista em Salvador-BA. Foi a primeira igreja batista voltada para a evangelização dos brasileiros e a terceira organizada no país.

A CBBA

É uma organização religiosa com fins não econômicos, que reúne Igrejas Batistas da Bahia a ela filiadas. Foi organizada em 1909, sob o nome de União das Igrejas Batistas da Bahia, e reorganizada em 1923 sob o nome de Convenção Batista Baiana. A CBBA é uma das convenções estaduais da Convenção Batista Brasileira.

Estrutura

Conforme o livro Pacto e Comunhão, editado pela Convenção Batista Brasileira, os documentos batistas “funcionam como faróis que orientam os crentes batistas a manterem, à luz da Bíblia, a unidade como denominação, já que nosso sistema de governo eclesiástico é democrático e congregacional. Assim cada igreja é autônoma, tem governo democrático, pratica a disciplina e rege-se pela Palavra de Deus em todas as questões espirituais, doutrinárias e éticas, sob a orientação do Espírito Santo.”.